Profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? Ez.34:2. Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR.

27 de set de 2010

Popstores & Apópstolos.

É sempre assim! Quando se trata de ouvir verdades ninguém gosta. É preciso ter muita humildade, mais muita, muita mesmo, para admitir erros ou pecados, principalmente quando se tem que fazer isso diante de todo mundo, de todo o Brasil, por exemplo. A crítica se tem fundamento é bíblica. O que não é bíblico é a crítica (juízo) sem nenhum respaldo, dos fatos e da Palavra de Deus. Os popstores Silas Malafaia, Marco Feliciano e o apópstolo Estevam Hernandes detestam ouvir verdades. É claro que muita coisa pode não ser verdade, reconheço, e fazer acusações sem respaldo bíblico é pecado também. Mas o que dizer da Bíblia cheia de dólares? O que dizer da cadeia? Perseguição do inimigo? Não foi o diabo quem escondeu os dólares de propósito na Bíblia. Pensavam que estavam na tesouraria da igreja deles, que fazem o que querem com o dinheiro. Não, estavam nos Estados Unidos, país severo com essas questões.
O que dizer dos companheiros de Silas: Murdock & Cerullo? Quem vem ao país a convite do seu aprendiz  gospel para enganar o povo tão já ignorante e ignorado pelas lideranças pentecostais e neo-pentecostais? Qual será a próxima do popstor Malafaia? Por falar nisso, quantas almas já tem no contador?????!!!!! Que enganação, contar almas salvas! Até a semente que caiu nas pedras entra na contagem, pois o que importa é o contador aumentar, e não se a pessoa vai se firmar na Palavra. Qual será a próxima invencionice?
Críticas sempre existirão. Principalmente quando se faz por onde! Será que chamar os críticos de vagabundos endemoninhados e picaretas é o modo bíblico de responder às críticas? Deixo as respostas para a análise do povo dessas igrejas. Olha aí o "pastor" que vocês tem! Esse é o vocabulário mais bonito no dicionário deles...

22 de set de 2010

Brincando com Jesus Cristo


Toda tentativa de ensinar as crianças a Palavra de Deus é válida, mas com certeza devemos evitar excessos como esses aqui. Jesus não jogava basquete com os meninos do seu tempo, nem futebol, nem vôlei, nem qualquer outro tipo de brincadeira com ou sem bola. É claro que Ele foi criança (sem pecado) e brincou, mas Seu ministério, consistia em ensinar a Sua Palavra aos pequeninos. "Deixai vir a mim os pequeninos porque dos tais é o reino dos céus. E para ensinar sobre o batismo de Jesus, não precisamos de Lego, de jeito nenhum, ainda mais com um PERIQUITO em cima da cabeça de Jesus

21 de set de 2010

Aceitar a Jesus!?
A. W. Tozer

Nosso relacionamento com Cristo é uma questão de vida ou morte. O homem que conhece a Bíblia sabe que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores e que os homens são salvos apenas por Ele, sem qualquer influência por parte de quaisquer obras praticadas.

"O que devo fazer para ser salvo?", devemos aprender a resposta correta. Falhar neste ponto não envolve apenas arriscar nossas almas, mas garantir a saída eterna da face de Deus.

Os cristãos "evangelicais" fornecem três respostas a esta pergunta ansiosa: "Creia no Senhor Jesus Cristo", "Receba Cristo como seu Salvador pessoal" e "Aceite Cristo". Duas delas são extraídas quase literalmente das Escrituras (At 16:31; João 1:12), enquanto a terceira é uma espécie de paráfrase, resumindo as outras duas. Não se trata então de três, mas de uma só.

Por sermos espiritualmente preguiçosos, tendemos a gravitar na direção mais fácil a fim de esclarecer nossas questões religiosas, tanto para nós mesmos como para outros; assim sendo, a fórmula "Aceite Cristo" tornou-se uma panacéia de aplicação universal, e acredito que tem sido fatal para muitos. Embora um penitente ocasional responsável possa encontrar nela toda a instrução que precisa para ter um contato vivo com Cristo, temo que muitos façam uso dela como um atalho para a Terra Prometida, apenas para descobrir que ela os levou em vez disso a "uma terra de escuridão, tão negra quanto as próprias trevas; e da sombra da morte, sem qualquer ordem, e onde a luz é como a treva".

A dificuldade está em que a atitude "Aceite Cristo" está provavelmente errada. Ela mostra Cristo suplicando a nós, em lugar de nós a Ele. Ela faz com que Ele fique de pé, com o chapéu na mão, aguardando o nosso veredicto a respeito dEle, em vez de nos ajoelharmos com os corações contritos esperando que Ele nos julgue. Ela pode até permitir que aceitemos Cristo mediante um impulso mental ou emocional, sem qualquer dor, sem prejuízo de nosso ego e nenhuma inconveniência ao nosso estilo de vida normal.

Para esta maneira ineficaz de tratar de um assunto vital, podemos imaginar alguns paralelos; como se, por exemplo, Israel tivesse "aceito" no Egito o sangue da Páscoa, mas continuasse vivendo em cativeiro, ou o filho pródigo "aceitasse" o perdão do pai e continuasse entre os porcos no país distante. Não fica claro que se aceitar Cristo deve significar algo? É preciso que haja uma ação moral em harmonia com essa atitude!

Ao permitir que a expressão "Aceite Cristo" represente um esforço sincero para dizer em poucas palavras o que não poderia ser dito tão bem de outra forma, vejamos então o que queremos ou devemos indicar ao fazer uso dessa frase.

"Aceitar Cristo" é dar ensejo a uma ligeira ligação com a Pessoa de nosso Senhor Jesus, absolutamente única na experiência humana. Essa ligação é intelectual, volitiva e emocional. O crente acha-se intelectualmente convencido de que Jesus é tanto Senhor como Cristo; ele decidiu segui-lo a qualquer custo e seu coração logo está gozando da singular doçura de Sua companhia.

Esta ligação é total, no sentido de que aceita alegremente Cristo por tudo que Ele é.

Não existe qualquer divisão covarde de posições, reconhecendo-o como Salvador hoje, e aguardando até amanhã para decidir quanto à Sua soberania.

O verdadeiro crente confessa Cristo como o seu Tudo em todos sem reservas. Ele inclui tudo de si mesmo, sem que qualquer parte de seu ser fique insensível diante da transação revolucionária.

Além disso, sua ligação com Cristo é toda-exclusiva. O Senhor torna-se para ele a atração única e exclusiva para sempre, e não apenas um entre vários interesses rivais. Ele segue a órbita de Cristo como a Terra a do Sol, mantido em servidão pelo magnetismo do Seu afeto, extraindo dEle toda a sua vida, luz e calor. Nesta feliz condição são-lhe concedidos novos interesses, mas todos eles determinados pela sua relação com o Senhor.

O fato de aceitarmos Cristo desta maneira todo-inclusiva e todo-exclusiva é um imperativo divino. A fé salta para Deus neste ponto mediante a Pessoa e a obra de Cristo, mas jamais separa a obra da Pessoa. Ele crê no Senhor Jesus Cristo, o Cristo abrangente, sem modificação ou reserva, e recebe e goza assim tudo o que Ele fez na Sua obra de redenção, tudo o que está fazendo agora no céu a favor dos seus, e tudo o que opera neles e através deles.

Aceitar Cristo é conhecer o significado das palavras: "pois, segundo ele é, nós somos neste mundo" (1 João 4:17). Nós aceitamos os amigos dEle como nossos, Seus inimigos como inimigos nossos, Sua cruz como a nossa cruz, Sua vida como a nossa vida e Seu futuro como o nosso.

Se é isto que queremos dizer quando aconselhamos alguém a aceitar a Cristo, será melhor explicar isso a ele, pois é possível que se envolva em profundas dificuldades espirituais caso não explanarmos o assunto.

http://www.palavraprudente.com.br/estudos/aw_tozer/miscelania/cap01.html

Autor: A. W. Tozer
Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

INCHAÇO ECLESIÁSTICO

16/12/2009

Olá a todos que acessam o blog Casanarocha. Nem sempre as estatísticas estão certas. Principalmente quando se trata de coisas espirituais aí é que elas não podem ter certeza nenhuma. Quanto ao número de evangélicos PROFESSOS com certeza pode crescer a tal ponto, mas a metade do país ser crente realmente, de verdade, é impossível. A Bíblia mostra claramente que os crentes verdadeiros nunca foram maioria nem meio a meio. sempre foram perseguidos, excluídos, uma minoria que permanecia fiel a Deus e a Palavra enquanto a grande maioria de RELIGIOSOS aderiam ao erro, à apostasia.  Os fiéis são os remanescentes, os 7.000 que não se dobraram diante da idolatria. Se eu viver até lá, ou se Jesus não voltar antes, com certeza estarei vendo muita gente enganada e enganando, mas CONVERTIDO mesmo, uma pequeníssima minoria, o pequeno rebanho. A igreja jó cresceu quando abraçou o mundo, o mundanismo, quando se tornou OFICIAL. Em 2020, estaremos vendo somente uma grande PASSEATA PARA JESUS de milhões de infiéis a Deus e a Palavra. Esse é o quadro que a Bíblia nos mostra para daqui a 11 anos. Não pense que meio Brasil evangélico as coisas vão melhorar, aliás, vão piorar e muito, pelo que a gente vê nessas ditas igrejas evangélicas, nesses ditos pastores e evangélicos, não posso pensar em boa influência para a sociedade. Lembro que fui almoçar fora um dia e peguei um saleiro onde o sal não tinha mais gosto. Aquilo marcou, nunca tinha provado SAL SEM GOSTO! Assim é a igreja de hoje e a de 11 anos à frente vai ser pior. Mas Deus tem seus eleitos que não se dobrarão a Baal.Não devemos nos enganar em pensar que o Brasil está se convertendo, pois na realidade o evangelho é que está se derretendo, se diluindo. É triste ver tanta gente achando que está havendo um avivamento no Brasil. Na realidade está havendo um inchamento, fermentação, mas não crescimento bíblico. O avivamento bíblico sempre é um profundo senso de humilhação perante Deus, de arrependimento, de abandono de pecados e de volta aos princípios e mandamentos bíblicos. O que se vê no Brasil de hoje e do futuro é cada vez mais heresia. Isso é inchaço eclesiástico e não crescimento bíblico! A Bíblia nos mostra que a igreja sempre vai caminhar pelo lugar estreito, vai entrar pela porta estreita. Os que amam o mundo é que andam pelo caminho largo que conduz a perdição. Nesse caminho vão estar essa grande maioria que pensam ser evangélicos. Infelizmente esses estão andando para a perdição. devemos lutar pela fé evangélica e pregar o autêntico evangelho, que com certeza, não vai encher mega templos, pois não é agradável aos homens.

pastor victor
Grato a Deus por tudo sempre!

14 de set de 2010

Islã: A Religião da Paz!

Os mulçumanos insistem em dizer que o Islamismo é uma religião pacífica. Isso é uma completa mentira. O Islamismo é uma das piores heresias do mundo atual, não só pelas mentiras ensinadas como pela própria doutrina que ensina a conversão na base da violência, e na  punição de pessoas que abandonam a religião. Vejam só o que a religião da paz prega: AIATOLÁS QUEREM MORTE POR PROTESTO. Isso mesmo, quem queimar o Alcorão tem que morrer! Mas basta falar mal do Alcorão, que já está correndo risco de vida. Um pentecostal norte americano diz que vai queimar o alcorão - e ele não é como eu, pois eu teria queimado  se tivesse dito - e o presidente do Irã, o semalmadinejad diz que é um complô sionista! O juiz religioso é nada mais do que a vontade soberana desses aiatolás que dominam o povo com todo tipo de terrorismo, de ameaças, de imposições. Eles podem mandar no país deles, mas querer mandar nos países dos outros é brincadeira!

13 de set de 2010

A Igreja dos Pervertidos

 Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. (Romanos 1:25-27.
Recentemente vi num desses programas de tv os referidos pastores, defendendo o ponto de vista deles. Chegaram ao ridículo de dizer que os eunucos da Bíblia era os travestis da época, os efeminados, homens que não gostavam de mulheres. Que ridículo. Isso é que é uma exegese bem feita, impecável. Eles precisam estudar mais com o seu mestre, pois satanás fazia bem melhor. 
Agora as madrinhas da união homoherética instável se casaram. Antes foram dois homens, agora duas mulheres. 
Por mais que tentem defender suas heresias, não podem ir contra o que está escrito na Palavra de Deus. A aberração continua, o pecado é o mesmo, e Deus nunca aceitará tal perversão sexual. Nem essa nem qualquer outra.
Outro "casamento" foi o da Thammy Gretchen (a filha da Gretchen) que também pisa aos pés o Evangelho de Jesus Cristo (ambas). A Thammy se casou de terno porque quer ser homem. Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao SENHOR teu Deus. Deuteronômio 22:5
O certo é que o mundo jáz no maligno e tudo está se dirigindo para a apresentação do anticristo. O mundo está aprovando as coisas que o Diabo tem imposto, como o casamento homossexual, e todo tipo de perversidade. Não nos deixemos enganar: "Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." I Jo.3:8
Diante desses fatos bíblicos não há argumentos. Que essas pessoas se arrependam dos seus pecados e creiam em Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas.

12 de set de 2010

Lei Maria da "Peia"


Enquanto o Cristianismo ensina que o marido deve amar a esposa como Cristo amou a Igreja, e que deve tratá-la com amor e respeito. Por outro lado o Islã manda meter a sola na mulher! É aquele ditado: - Bata na mulher sempre, você não sabe por que está batendo, mas ela sabe porque está apanhando! Mas se você não sabe como bater (carinhosamente) "pancada de amor não dói"! eles ensinam como fazê-lo:




Mas segundo outro vídeo de um religioso islâmico as mulheres "são mulher de malandro" gostam de apanhar. Adoram levar uma surra.



Mas se uma surra bem dada não resolve, então... 
Enterra até a cintura e mata a pedrada!!!

10 de set de 2010

Crentes Comunistas

A nova onda da igreja agora é aliar-se a um partido político. Do pastor ao crente, todos buscam uma legenda para seguir. Mas esquecem que Jesus nunca apoiou esse tipo de coisa. Fomos chamados para glorificar a Deus com as nossas boas obras, para pregar o Evangelho de Cristo. Para isso não precisamos de política. Muitos pensam que podem ser sal e luz se elegerem alguns políticos para defender a igreja nas altas esferas de Brasília ou até mesmo na sua cidade ou bairro. Isso, além de antibíblico é indecente, pois se vê claramente um desejo de legislar em causa própria. Achar que precisamos da política - na maioria das vezes suja, corrompida - para que o evangelho possa chegar mais rápido a todas as esferas da sociedade é de uma inocência imensa, além de ser uma falta de fé na Palavra e Pessoa de Deus.
Uma igreja que prega a Palavra jamais deve convidar um candidato qualquer que seja para discursar no púlpito. Púlpito não é palanque. Dentro do prédio da igreja, crente não é eleitor, é adorador. Seu único propósito é servir e adorar o soberano Senhor Jesus Cristo. Desviar a atenção dessa tão sublime missão é uma terrível idolatria.
Ao vermos a política atual brasileira não temos muito do que se alegrar. O político que foi na sua igreja é FICHA LIMPA? Duvi - d- o - do! É, então pede para se inscrever lá no site do FICHA LIMPA pra gente ver!
O pior de tudo é quando a igreja se alia com partidos declaradamente anti-cristãos. Crente Comunista? Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Essas foram as palavras de Jesus. O Senhor não fez uma revolução para tomar o poder, mas disse que eles deveriam pagar seus impostos. Ao mesmo tempo Jesus ensina que não devemos misturar as coisas. O que é de Deus, é de Deus! A igreja é de Deus e não deve fazer conchavos. Alguém já viu um comunista crente em Deus??? Eu nunca!!! Já fui ateu e simpatizante das doutrinas comunistas. Todos os meus amigos da época da faculdade eram ateus e comunistas. E TODOS ATEUS. Como fazer aliança com pessoas que não tem nenhum compromisso com Deus? Pessoas que defendem o ABORTO, o HOMOSSEXUALISMO, e todo tipo de promiscuidade? Sem a mínima condição!
Infelizmente esse é o cenário evangélico atual: pastores se aliando com políticos, o que já é um grave erro, e ainda mais COMUNISTAS.

6 de set de 2010

Dança Satã



De Deus não se zomba, o que o homem semear, isso ceifará.

Personagem Gay para a juventude

O mundo jaz no maligno. Por isso não é de admirar que as pessoas continuem cada vez mais patrocinando o pecado. Mauricio de Sousa, numa de suas revistas para a juventude, aborda o assunto de forma - segundo ele - de forma tranquila e sem levantar bandeiras. Já levantou! Quando apenas colocamos o assunto já deixamos claro qual é a nossa posição. Quando o assessor diz que a personagem não é definidamente gay, pode ser bissexual, não está levantando bandeira? Por sinal, como ele pode ser bissexual, se ele diz claramente que o namorado da Tina não precisa se preocupar pois ele é comprometido? O que é confirmado por um outro personagem (homem)? E por que o Miguel muda o semblante de irritado para assustado? Arregalando os olhos? É claro que há um apoio ao homossexualismo na história. Discutir o assunto é analisar todos os lados da questão, o que não é feito na revista. Portanto, o outro lado é exatamente o que a Bíblia ensina sobre homossexualismo. Ela fala que tal prática é uma perversão, que Deus trata como pecado e não uma opção sexual que Deus aceita calado. Vários são os trechos e passagens da Palavra de Deus sobre o assunto e em todos eles há unanimidade quanto à condenação de tal prática. Por exemplo, na Criação, Deus cria Adão e depois cria uma esposa para ele, a Eva. E diz que ambos serão uma só carne no casamento. Não houve Adão e Ivo, nem Ada e Eva, nem nada. Jesus confirma as Palavras de Deus quanto ao casamento de um homem com uma mulher, e somente uma mulher. Mas isso é outro assunto.

Mais Comentados

Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. Jo.1:17
Sua visita ao blog casanarocha é motivo de grande alegria. Que Deus abençoe ricamente.